domingo, 7 de agosto de 2011

Dreads, colares e espirais

Logo que vim morar em Floripa, eu tinha 17 anos e fazia muitos amigos no verão. Conheci um casal de argentinos e ganhei da menina um colar artesanal   muito lindo. Pena que não ficou muito tempo comigo, pois acho que a Iemanjá também gostou muito dele, e no meu primeiro banho de mar à noite eu o perdi. Ela que o levou e deve estar usando até hoje.

Bem, nunca esqueci dele, pois era mesm o lindo e único, terminava com um medalhão retangular tramado com os próprios fios do colar e algumas miçangas grandes. Era todo colorido, com uns 6mm de diâmetro, e em pedacinhos de + ou - 2 cm de cada cor, as primárias e secundárias (azul, vermelho, amarelo, verde, laranja e roxo). Inclusive há uns 4 anos atrás comecei a fazer um com a mesma técnica, que não sei onde guardei…

Navegando pela Babel das Artes essa semana, e vendo as lindas peças que eles produzem, descobri a tecnica do qual era feito o meu colar, de dreads. Eu nunca tinha ligado uma coisa com a outra… cabelos, fios, colar…

Para completar ainda mais as coincidências, um dos meus projetos atuais são colares, brincos e broches de espirais coloridas de retalhos de feltro, muito semelhantes (a forma) aos da Babel das Artes. Até coloquei as partes que estão sendo feitas sobre o teclado para comparar. Vejam:P6220091

Para fazer essas espirais, tive a ajuda da minha filhota, que colocou os pedacinhos de feltro nas linhas e picou mais alguns retalhos de feltro. Uso as sobrinhas para fazer cordões para chaveiros, pingentes e colares. Esse medalhão pretendo colar no couro, mas tudo pode mudar até ficar pronto.P6220094

Aqui outra espiral, que ainda não foi costurada, com  mais voltas e as cores mescladas:

P6220098

P6220095P6220096

 

 

 

Acima um cordão e um projeto de par de brincos.

Um comentário:

Patricia Villeroy disse...

Pat,obrigada pelo comentário lá no blog.
E teus blogs estão cada vez melhores em? Profissional! Parabéns mesmo. bjão