domingo, 27 de junho de 2010

Sacolas reaproveitadas com imagens de Toys

Tentando reaproveitar o máximo possível das coisas que vão para o lixo comum, ou são queimadas, como seriam essas sacolas de uma loja que fechou, eu acabo fazendo coisas que eu mesma acho liiiindas!

Modéstia à parte, essas sacolas não ficaram um show?

Não fica bem melhor carregar nosso crochê, bordado, lanche, algum objeto que temos que levar para o trabalho, etc., em uma sacolinha assim?

Acho até que tem gente que prefere fazer propaganda gratuita para o comércio, ou talvez nem cheguem a pensar sobre o assunto… Mas comigo não! Prefiro sempre coisas personalizadas.

Pena que nem sempre eu encontre imagens dos Toys. Essas inclusive eram de moda. Mas existem outras que também ficam bem alegres…

Feira de Coqueiros 009

 Feira de Coqueiros 010

Feira de Coqueiros 011 Feira de Coqueiros 012

 Feira de Coqueiros 013

Feito à mão

 

 

Para quem ficou curioso com a paisagem ao fundo, é a Ilha de Florianópolis, onde eu vivo, vista da parte continental, especificamente da Feira de Artesanato de Coqueiros, que eu participei hoje. Uma experiência nova, mas venho sendo convidada faz algum tempo, e ontem quase meia-noite, conversei no Messenger com a coordenadora da feira, ela me convidou novamente e resolvi de última hora participar.

Ainda não tenho julgamentos a respeito, pois tinha muito vento e acho que me traumatizou um pouco. Vendi R$ 50,00. Achei pouquinho pelo trabalho que dá, mas as peças estavam muito diversificadas e não chamavam muito a atenção. Tenho que me dedicar aos dedoches e bonecos para esse público. Abaixo, a foto da feira. A esquerda em uma mesa de máquina de tricô (não tinha outra), meus trabalhos expostos e quase sendo levados pelo vento.

Feira de Coqueiros 015

terça-feira, 22 de junho de 2010

Pingente Galinhas em crochê

Adoro fazer crochê! Vi essas galinhas em uma revista e fui logo fazendo. A receita original era para aplicação em panos de louça, mas não deu para seguir direitinho, tinha erros… Bem,  eu fiz do meu jeito, deu certo e aproveitei para fazer algumas maiores. Aproveitei outro projeto que há algum tempo desejava fazer, que é esse fio de pequenos retalhos de feltros, mais algumas miçangas, juntei tudo e saiu esse pingente de galinhas carijós.

As galinhas são muito fofas! Fiquei contente com o resultado. Acho que ficou bacana, colorido como eu gosto.Pingente de Galinha em Crochê 014      

Para pendurar usei uma argola plástica, e as cores azul, magenta e amarelo nas miçangas, as básicas.Pingente de Galinha em Crochê 018

 

Para finalizar o pingente, usei uma hélice torcida (não sei se esse é o nome) de plástico transparente fosco.Pingente de Galinha em Crochê 017

Se você quer fazer um Pingente de Galinhas Carijó em crochê, acesse meu outro blog de atividades, o Cria Trecos.

domingo, 20 de junho de 2010

Resposta a comentário anônimo sobre brinquedo de criança


Gente! Acho que o Criativo dom vai se transformar em Criativo polêmico.
Olhem que absurdo o comentário de uma pessoa "anônima" que recebi agora pela manhã sobre um personagem que fiz ano passado para meu filho Vítor brincar. Vejam o post com o comentário publicado imediatamente após o recebimento (hoje).

Caso não consigam ler, o texto é o seguinte:



"isso é plagio
vc nao citou que o personagem nao foi criado por voce
o nome real dele é domu e existem direitos autorais cobrindo ele. é um personagem muito famoso so voce achou que ia enganar alguem.
espero que vc seja mulher suficiente para ACEITAR O COMENTARIO e admitir o que fez.nós nao vamos nos calar."

Bem, em primeiro lugar, nunca ouvi nem tive ciência de que exista alguma lei que proiba as mães de fazerem qualquer personagem público que veicule por aí para o seu filho. Observem na foto acima, o estado em que se encontra o Mafagafo do Vítor... A isso se chama "plágio"?
Em momento algum, disse que o Mafagafo era criação minha. Mesmo porque se o fosse, certamente eu colocaria a marca d'agua com o nome "Cria Trecos", que uso quando postos minhas criações. E até mesmo recriações, pois nada é imutável e impossível de ser pensado e executado igual ou semelhantemente por duas ou mais pessoas em lugares, momentos e circunstâncias diferentes.
Preste um pouquinho mais de atenção ao que vê e lê, anônimo! Ao menos olhe outros trabalhos do autor do blog para ver como ele costuma postar, se costuma"plagiar", não dar créditos...
A pessoa que criticou o "Meu Mafagafo", além de anônima (poderia ter colocado um e-mail para resposta), nem mesmo conhece o que está defendendo!!! Pois vejam abaixo o que encontrei na pesquisa de imagens do Google ao pesquisar "domu":

Nem me dei ao trabalho de acessar qualquer link da pesquisa, pois não vi nenhum Mafagafo ali, e também porque o anônimo  provavelmente não sabe nem escrever (ou desconhece) o nome do que está defendendo (e não sabe português tb, porque teclado não é sinônimo de não se utilizar espaços, maiúsculas, acentos, não revisar o que foi escrito fora de bate-papo on line, ainda mais se quer ver publicado seu comentário, etc...).
Achei a forma correta do nome do tal personagem através do meu filho de 11 anos, e aparece na Desciclopédia como "Mafagafo", mas não vou dizer aqui, ele que pesquise o correto se quiser saber.
Conheci como Mafagafo e assim vai ficar para mim.
Quando meu filho passou dias me pedindo para fazer um Mafagafo, personagem das Parlendas infantís, pedi a ele que o desenhasse para mim. Ele fez direitinho, e só para entender melhor os detalhes, pedi que pesquisasse o tal bicho no Google para que eu o fizesse. E vejam a pesquisa por "Mafagafo":

A partir das imagens acima, eu o fiz, achei lindo, meu filho ficou feliz, postei e vou postar smpre o que eu produzir. Não tenho por hábito não dar créditos, mas uma coisa com milhões de fotos e citações na internet, é impossível de fazê-lo. Não tenho meios de saber o verdadeiro criador, o verdadeiro nome e nem mesmo quando surgiu. E esse é o caso do Mafagafo.
O "anônimo", caso queira cobrar alguns direitos autorais, o que eu duvido muito, deve investigar e cobrar primeiro de todos esses outros sites, pessoas, empresas, que utilizaram o bicho anteriormente ao post do "Meu Mafagafo (do Vítor)". Inclusive aparece assim como Mafagafo na Desciclopédia como podem ver abaixo. Caracterizados, discutidos, comentados e até em desfiles de moda...



Bem, é só. No próximo post estarei colocando algumas coisas minhas, pingente de crochê e chaveiros com peças em papel machê.
E desculpem-me os crafts, artesões, pessoas que fazem trabalhos manuais, handmades, etc, por mais essa polêmica ao invés dos trabalhos.
Ah! E podem fazer qualquer coisa publicada em meus blogs, para seus filhos, maridos, mães, amigas, para dar a quem quiserem. mesmo porquê não existe meios de impedir, a menos que se esconda num cofre, não se divulgue. Para quem é pessoa física, pode fazer até para vender e aumentar a sua fonte de renda.
E se alguma empresa se apropiar indevidamente das minhas criações, só tenho uma coisa a dizer: Mais tem Deus a dar do que o Diabo a tirar... Não vou me estressar, não vale a pena.
É para dividir coisas boas que eu posto, e não para me exibir, aparecer ou lucrar!
Responda você agora, anônimo! E se mostre, não se esconda no anonimato. Diga quem são o "nós nao vamos nos calar", fale, apareça!


domingo, 13 de junho de 2010

Vintage ou Retrô?

Os termos Vintage e Retrô  costumam gerar uma certa confusão, e muitos pensam até que sejam a mesma coisa. Então, só para esclarecer a quem possa interessar, resolvi postar o que diferencia um do outro.

Estilo Vintage:

Apesar da palavra ter sua origem ou significado na colheita de uvas, de vint relativo à safra de uvas e age de idade, essa palavra foi adotada para denominar os estilos marcantes usados nas décadas de 1920 até 1960, principalmente na moda, mas que pode abranger também a decoração, o design de objetos, as jóias, a arquitetura entre outros.
O importante é saber que para ser considerado Vintage, os objetos ou roupas devem ser autênticos dessa época, com a aparência de antigo, usado, desgastado (não obrigatoriamente, pois ainda encontramos hoje algumas peças vintage que nunca foram usadas…).

Esse estilo na atualidade é caracterizado principalmente pelas Pin-ups, as modelos e atrizes que posavam para desenhos e pinturas sensuais (e ao mesmo tempo com ar de ingênuas), e que foram muito utilizadas em calendários nessa época, o que originou o seu nome, pois eram produzidos para serem pendurados (em inglês, pin up), e que posteriormente começaram a serem produzidos em massa como pôsteres.

01_(92) - Cópia 00055 - Cópia 00079 - Cópia

Estilo Retrô:

São estilos atuais inspirados em épocas passadas, como a própria palavra diz: atrás, para trás.

Para que uma peça de roupa, de design, arquitetônica ou qualquer outra coisa seja chamada de Retrô, ela deve ser nova, feita nos dias atuais utilizando-se das formas de um estilo do passado. Nesse caso podemos abranger diversas épocas além do estilo Vintage, como os anos 70, 80, 90, ou até mesmo épocas mais antigas.

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Votem no meu Peloxo!

Gente!!! Entrem no site da Papirus e votem no meu toy, o Peloxo. Basta clicar na foto dele, atribuir uma nota e votar. Não esqueçam, tá? Afinal ele está bem lindo, não?

Toy Peludo 001

Colagem 1

A votação vai até dia 30/06/2010.

domingo, 6 de junho de 2010

Toy para o concurso do Papirus

Após duas semanas sem postar, aqui estou eu! Semana passada foi a festa da Bia, não deu tempo, e essa que passou eu estava trabalhando num toy, que é uma das minhas paixões.

Esse fiz para participar do concurso da Papirus, e após muitas idéias saiu o Peloxo. O nome foi dado pelo meu filho Solano. Não achei lá muito criativo, pois é a junção de pelo+roxo, adivinhem porquê...

Toy Peludo 009

Eu gostei muito do resultado e se vocês também gostam de toys, vão até o site da Papirus e votem. De preferência no meu, né? Basta que você clique na foto, atribua uma nota e vote.

Ah! Enviei hoje, portanto creio que só amanhã o meu esteja acessível para votação.