Mostrando postagens com marcador Meus Quitutes. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Meus Quitutes. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Receitas e Pomada de Calêndula Concreta em revista vintage

Meus achados pessoais nunca acabam… é a impressão que tenho. Mas acho que para acabarem teria que postar bem mais…

Aqui uma página da Revista Mundo Ilustrado, que circulou nas décadas de 1950 e 1960, com diversas receitas de pães. Numa época em que ser "Rainha do Lar" era o sonho da maioria das moças, saber preparar um bom lanche para receber as visitas era fundamental, e olhem ´só, tudo feito pela "Prendada Dona de Casa".

Se quiserem fazer essas receitas, já estão no Cria Trecos, aqui e aqui.P9200085

Aqui, em detalhe o anúncio da "Pomada de Calêndula Concreta", que já usei muito, e hoje até gostaria de ter uma na farmacinha aqui de casa, vou providenciar, pois estou com uma espinha inflamada na testa, e é batata: "onde há Calêndula, não há pus". Foi ela, sem querer, que curou a infecção do olho esquerdo do meu primeiro filho, com quase 2 anos de idade, e já traumatizado pelo uso constante, desde que nasceu, de todos os colírios e tratamentos possíveis, uma tortura para ele e para mim, tínhamos que colocar os colírios à força, ele chorava muito, e inclusive até havíamos feito o procedimento da desobstrução do canal lacrimal, em hospital, sedado, etc, um horror,  sem resultados… P9200086

Vou contar como foi. Usávamos a Pomada de Calêndula em picadas de mosquitos, cortezinhos, tudo que começasse a inflamar. Ele era um bebê muito claro, com olhos azuis e uma noite de descuido nosso, foi picado por mosquitos em 4 ou 5 lugares do rostinho e nas bochechas, então colocamos um pouquinho de Calêndula em cada picada. Como seu olho vivia inflamado, sem nenhum resultado aos tratamentos, devia ter passado uns 30 dias da desobstrução do canal em ambulatório,a  nossa última tentativa de cura, ele coçava muito, e acabou coçando as picadas (com Calêndula) e depois os olhinhos, No dia seguinte levei um susto, pois surgiram várias bolinhas inflamadas, tipo uns cravinhos, ao redor dos olhos dele, que secaram ao longo do dia e logo desapareceram. Só então conseguimos entender que ao levar a pomada ao local da inflamação, e como o canal era obstruído, a infecção veio para fora… e… nunca mais voltou.

Mas por favor, né? Foi um acidente, pois a Calêndula que usamos não era uma pomada oftalmológica. Éramos novos, e tivemos mais sorte do que juízo, e era uma outra época, com menos recursos. Não vão usar sem consultar um médico, né?

domingo, 9 de janeiro de 2011

Panelas de doceiras

Aproveitando que ando postando sobre meus bolos, aqui vai uma boa dica culinária: tenha sempre panelas e leiteiras exclusivas para fazer seus doces.
Panelas que se usa para cozinhar diariamente sempre deixam um leve gosto e cheiro de comida (óleo, temperos e sal) nos doces, mesmo as de inox. Toda boa doceira ou cozinheira sabe (ou deveria saber) disso.

Panelas 2


E isso é algo bem desagradável, pois muitas pessoas sentem esse cheiro ou gosto estranho ao comer o doce. Não são todos que percebem, mas para os mais sensíveis, podem vir a concluir que faltou higiene na confecção do alimento, ou até mesmo sentir nojo. É comum sentirmos essa sensação quando comemos alguns brigadeiros caseiros…

panelas-le-creuset-ovenstak casadedesign-blogspot

Agora a dica:
Caso você não tenha uma panela exclusiva para doces, não entre em pânico! Ainda tem solução.
Ferva por alguns minutos água com açúcar (1 xíc. de chá para cada litro de água) na panela que irá usar, antes de utilizá-la para fazer o recheio ou doce. Lave bem a panela, seque e cheire. Se ainda sentir um cheiro forte de comida, repita a operação. Aprendi isso com a minha tia-avó-materna, a Tia Sally, e ela com minha bisavó, a Vó Dija.

Panela Vintage 2

Pode não resolver 100%, mas com certeza seu doce ficará com um aroma e gosto bem mais agradável.

domingo, 2 de janeiro de 2011

Bolo Monetário

Fiquei um pouco ansiosa quando recebi a encomenda desse bolo, pois minha cliente sabia apenas que queria representar (e atrair) dinheiro, muito dinheiro! Queria notas sobre o bolo!
O que fazer????
A princípio eu não conseguia visualizar nada, mas acabei tendo uma ideia que surgiu na cama, entre um sono e outro, de usar moedas de chocolate compradas prontas, em um baú dourado talvez…Será que sonhei isso???
Bem, passei a ideia para a aniversariante e ela gostou.  Mesmo assim ainda gostaria de colocar um "prédinho" de cada lado representando um banco…
Bolo Monetário 017
Após um dia de muita angústia, pois sei que tendo a ideia estaria tudo resolvido, peguei lápis e papel, minha maior fonte de inspiração, e acabei desenhando coisas desconexas, sem escala alguma, pois já tinha em mãos as moedas. Isso foi na quinta e o bolo era para sábado, e uma semana antes do Natal!
Fico muito ansiosa e com medo de algo dar errado, mas acabei montando o bolo exatamente como desenhei. A grande ideia foi o “Centro Financeiro” em uma placa apontando para uma mini cidade e um cifrão bem grande. Tudo dourado.
Deu trabalho, mas foi um alívio!!! E o melhor, a-do-rei o resultado final.
A receita da massa do bolo é a mesma do Bolo Mesclado, que aliás é muito bom, você encontra aqui, no meu outro blog.
Para quem quiser ver mais, seguem as fotos:

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Ideia para sobremesa

Se falta tempo ou recursos para fazer uma sobremesa sofisticada, até mesmo para o natal ou ano novo, o Bolo Mesclado pode ser uma boa ideia, pois é delicioso, leve e pode ser servido gelado.

Ele pode ser feito na véspera e guardado na geladeira já com a cobertura, ou sem ela, caso prefira cobrir no dia. Nesse caso ele deve ser coberto com papel alumínio ou filme, pois sem a cobertura pode ficar ressecado.

É um bolo bem popular e a maioria das pessoas aprecia, portanto não perca tempo!

Bolo Mesclado 2

Se você gostou dessa ideia e deseja fazer o Bolo Mesclado, a receita já está no meu blog de atividades, o Cria Trecos.

Bom apetite!

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Pão-de-ló básico

Eu ando de mal com o fogão. Já faz tempo!!!
Não é que eu não saiba cozinhar, só que não ando querendo fazer isso. Motivo: o resto do cuidado com a casa em geral dá muito trabalho, e prefiro minhas artes.
Mas a prova de que sei cozinhar é o que , quando tiver inspiração suprema, postarei aquí algumas receitas que gosto.

Pão-de-ló básico

Ingredientes:
- 5 ovos (grandes pode ser 4)
- 3 xíc. de açúcar
- 3 xíc. de farinha de trigo
- 1 xíc. de água
- 1 colh. de sopa (rasa) de fermento químico

Modo de fazer:
Bata as claras em neve e reserve.
Bata as gemas na batedeira, com o açúcar e a água.
Peneire a farinha com o fermento em um recipiente em separado.
Adicione aos poucos a farinha na batedeira com as gemas.
Acrescente as claras batidas em neve mexendo cuidadosamente, sem bater.
Despeje na forma previamente preparada e asse a 280º por 60 minutos.


Forma:
Unte com margarina as laterais. Para o fundo coloque papel manteiga para culinária, recortado no formato da forma. Isso vai facilitar na hora de desenformar.