Mostrando postagens com marcador Ergonomia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Ergonomia. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Tesoura nova

Estou terminando um trilho natalino em Patchwork, e já está quase pronto. Mas hoje vou falar de tesouras. Ou melhor das minhas tesouras.

Já faz um mês que chegou a segunda nova tesoura.

Olha ela aí, junto com a velha, minha companheira de mais de 25 anos, que fez todos meus trabalhos em papel e materiais diversos. Frequentou a faculdade, fez lembrancinhas de nascimento e festas de aniversário. Oficinas e cursos, muitas coisas mesmo.

Tenho também a tesoura da costura, maior e tb  antiga. Mas fica guardada a sete chaves. Nunca cortou nada além de tecidos.Tesoura Nova 020Nessa história existe um terceiro personagem, que adquiri fazem uns 6 meses, e que já me deixou muito irritada: A primeira tesoura nova, a decepção!  É essa mais abaixo e a direita:Tesoura Nova 022 Ela se  tornou um estorvo, mais incomodava que ajudava a fazer os trabalhos.

Além de defeituosa, (com aquele parafusão para fora, sem nenhuma ergonomia), essa tesoura ainda é dependente de um kit. É isso mesmo! Tem que carregar um kit de chave de fenda e alicate na bolsa junto com ela, pois a porca se solta muitas vezes ao trabalhar.Tesoura Nova 024

Tesoura Nova 034

Aí, começa outra ladainha, se apertar demais não se consegue abrir a tesoura com os dedos, se apertar de menos, fica frouxa e não corta… Termos que parar de trabalhar a todo instante para apertar o parafuso, se irritar e perder nosso tempo precioso. Decididamente ela não serve para trabalhar!

Uma pa-ra-nóóóóóóóiaaa! Por isso estou tããããããão feliz, com a nova, que é boa, e exatamente igual a antiga.Tesoura Nova 030

 Esse é o nome da tesoura mal projetada:Tesoura Nova 032

Acho que a solução (solution) do fabricante dessa tesoura inútil, pois não cumpre a sua utilidade, é anexar de brinde na hora da venda o kit (chave de fenda e alicate) e assinar assim seu atestado de incompetência. He! he! he!

Não vou estragar meu humor por causa de empresas que sabotam a si ´próprias…

O fato é inexplicável, pois as duas fabricantes são uma mesma empresa, a Eberle, da primeira tesoura nova, e a Mundial, da segunda tesoura nova, a boa, são empresas incorporadas. Não combina a fama de qualidade do nome da primeira, com o descaso com o consumidor da outra que nem respondeu aos meus emails, Sei lá …

Bem, junto com a segunda tesoura nova, comprei um tecidinho com estampas de botões. Não me contive quando vi. Achei lindo e acho que vou fazer carteiras com ele. Ainda estou pensando. Também aproveitei e comprei enfeites (falso bordado) para as Bonecas da Iara.

Tesoura Nova 028

Tesoura Nova 029

É só isso.

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Design é uma paixão

Eu adoooooooro ficar um tempão vendo novas propostas de objetos, embalagens, arquitetura… enfim, tudo que envolva muita criatividade...

Na revista digital bacana de semana, do site abcdesign, foram publicadas algumas peças com tendências asiáticas, onde encontrei essa fofura de carimbo em formato de Torre Eiffel, da Muji, uma loja de conceito sustentável:

stamp_eiffle 

Não é lindo???

Outro blog que curto muito, do qual recebo doses diárias de design já faz algum tempo, é o design on the rocks, vale a pena conferir.

sábado, 28 de fevereiro de 2009

Ergonomia dos carimbos caseiros

Depois de usar o carimbo feito com as tampinhas PET, meus dedos ficaram marcados, e foi bem desconfortável, machuca mesmo.

Então, resolvi buscar meus dotes de ergonomia, a ciência que ajusta os objetos de forma a não causar problemas e/ou desconforto em quem os utiliza.

Lembrando dos antigos tubinhos de tinta e de um robozinho feito pelo Vítor quando pequeno (com 3 tampinhas de PET papietadas e coladas com fita crepe, uma em cima da  outra), aproveitei essa forma para experimentar, e deu certo!!!Carimbos 015  

Ao apertar o carimbo sobre o papel, machuquei os dedos na borda da tampinha.Carimbos 013

Carimbos 014

Então coloquei outra tampinha em cima, fechei e ao mesmo tempo aumentei o corpo do carimbo, deixando-o mais adequado ao uso, sem machucar as mãos.Carimbos 011 

Para facilitar ainda mais o trabalho, pensei em ter um carimbo de cada forma para cada cor. Exemplo: flor em preto, azul e vermelho, assim não preciso limpá-los muito antes de usar. E sendo material reciclado, cortado com furadores, acho que é bem viável e barato. Apenas vou ter o cuidado de colar com fita cristal para não esconder a cor.Carimbos 018

Carimbos 010 

Parecem mesmo uns robozinhos, não?