terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Papéis marmorizados

Entre as minhas técnicas preferidas, tanto para o ato de fazer como os resultados obtidos, está a marmorização de papéis.
Um efeito bacana que se obtém com muita facilidade.

Materiais:
- Bacia grande com água.
- Luvas, melhor as fininhas, pois serão descartadas no final (desnecessárias para quem não se importar de usar solvente nas mãos para limpeza). Também pode se utilizar pinças para colocar e retirar os papéis da água.
- Papéis diversos: reciclados, canson, cartão, etc...
- Restos de tintas coloridas a base de óleo (para madeira, automotivas e até esmalte de unhas), o importante é que elas não se diluam com a água. É o que dará o efeito marmorizado.
Técnica:
- Derramar sobre a água pequenas porções de tintas, no mínimo em duas cores.
- Mergulhar os papéis, retirando-os de diversas maneiras: na vertical, rapidamente ou devagar, na horizontal, deixando a água escorrer aos poucos, etc. Vá experimentando, é aí que está o gostoso da técnica
- Os papéis podem estar secos ou já molhados, exceto os reciclados caseiros, que desmancham facilmente na água.
- Deixe as folhas secarem sobre jornais assim que obter um efeito que lhe agrade, ou pendure em um varal, mas as formas se modificarão um pouco ao escorrer.
- Comece com cores mais claras, e quando forem acabando (logo os papéis absorvem toda a tinta, que não se mistura com a água), então vá adicionando as cores mais escuras.
- Sempre que colocar mais uma cor, mergulhe algumas folhas para ter resultados variados.
- Prepare no mínimo umas vinte folhas, pois rende bastante.

Com papéis reciclados feitos em peneiras comuns de cozinha, planas e redondas.


Com papel canson, qualquer gramatura, o de cima estava seco antes de mergulhar, e o de baixo foi pré molhado.