sábado, 9 de agosto de 2008

Bonequinhas da Sorte

Essas bonequinhas foram tiradas da revista Faça e Venda. São bonequinhas vietnamitas, cheias de arroz. Guarda-se três em uma caixinha, quando tivermos um pedido para fazer, as tiramos da caixa até que o pedido se realize.
Abayomi

A mini-boneca acima, foi criada pelas escravas que vinham para o Brasil em navios. Tiradas de sua terra estupidamente, a viagem levava meses e as mães rasgavam suas roupas para fazerem as Abayomis para que as crianças brincassem e se distraissem. Certamente tentando fazer com que as crianças não sofressem.

COMO FAZER UMA ABAYOMI
Essa eu fiz com meia-calça, e ninguém sabe ao certo como eram feitas. No meu caso, inventei, fiz com 4 tiras, duas maiores e duas menores (+ ou - 13 e16 cm de compr. x 3/4cm de largura).

Dei um nó com todas juntas para formar a cabeça, deixando sobrar acima da cabeça uns 2cm, cortando cada um dos 4 ao meio , ficando 8, e então dei alguns nós em cada um formando os cabelos.

Separo as tiras mais curtas e fazendo nós nas pontas, formo as mãos.

Na altura do quadril, faço 2 ou 3 nós um em cima do outro para fazer a bunda e quadril.
E nas pontas das mais compridas, dou nós para formar os pés.

A saia é 1 ou 2 circulos furados no centro e também amarrados na cintura.

A cesta (que era para ser uma fruteira),é feita com canudos de revista coloridos, onde vai se colando a partir do centro.

Os outros objetos são uma lagartixa de miçangas, de um artista local, e o polvinho é de Fernando de Noronha, do projeto Tamar.

Também tem chaveiros da Faça e Venda, com o único jeito que conheço de reciclar retalhos de EVA. Criei também alguns outros modelos, como o peixe e a boca.

Um comentário:

Regina disse...

Oi Karina obrigada pela visita e pelo coment�rio carinhoso. Adorei suas bonequinhas, �tima id�ia. bjss